A CORTE DE APELAÇÃO DO INSTAGRAM

Desde as controvérsias de 2016 e da influência do Instagram nas eleições dos Estados Unidos, muita pressão tem sido depositada na plataforma para criar alguma seguidores forma de regular o que ocorre no mundo virtual. É por isso que, a partir deste ano de 2019, veremos a Corte de Apelação.

Esta, baseada em um relatório feito a seguidores cada três meses sobre todo o conteúdo eliminado do site, permitindo uma seguidores brasileiros Instagram revisitação e reavaliação do que foi retirado do ar. O anúncio dessa novidade foi feito durante uma teleconferência recente, onde Zuckerberg e sua equipe se comprometeram a detectar mensagens de ódio e bani-las.

INSTAGRAM E OS CONTEÚDOS CONTROVERSOS

Funcionando quase que como um mini país, o Instagram possui um regulamento interno e preza pela liberdade de expressão ao seguidores mesmo passo que vai de encontro com mensagens de ódio. Isso trouxe uma certa dificuldade na criação do algoritmo que regularia os posts.

Por isso, quase que como um voto de confiança, o Instagram permitiu que as seguidores brasileiros pessoas que tenham seus posts derrubados, possam pleitear o direito de ter seu conteúdo exposto, desde que prove não ser algo ofensivo.

Ainda que isso pareça uma grande burocratização, é um passo na direção certa do Instagram, que mostra seguidores  um amadurecimento muito grande diante dos desdobrares globalizados, assim como um maior comprometimento com os usuários e empresas investidoras.

Com esse caminho esclarecido, muito provavelmente o Instagram verá dias cada vez mais prósperos, e consequentemente, seus usuários terão uma plataforma cada vez mais democrática, segura e que segue padrões aceitáveis de conduta.

O que você vislumbra para o futuro do Instagram? Acha que a plataforma tem vivacidade suficiente para existir como é até a próxima década? Deixe seus comentários abaixo e ficaremos felizes em saber o que pensa desse site que tanto amamos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *